Militares “estranharam” recusa de MG por ajuda em Brumadinho

0
1033

Terra

“Estranheza” e “frustração” era o sentimento entre militares das Forças Armadas que estão de prontidão desde a sexta-feira, em Belo Horizonte, para serem empregados, em um primeiro momento, na ajuda à tentativa de salvamento de pessoas que poderiam estar em áreas isoladas ou em meio à lama, por causa do rompimento da Barragem em Brumadinho, e, depois, para auxiliar no resgate de corpos, na tentativa de diminuir o sofrimento dos que estão em busca de seus familiares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui