Sindicatos rurais solicitam recursos de emendas parlamentares. Sindicato de Paraíso tem mais de R$ 120 mil a receber

0
232

Presidentes de sindicatos rurais foram recebidos nesta terça-feira, 23, na Assembleia Legislativa, e pediram aos deputados recursos para as feiras agropecuárias. Por sugestão do presidente Antônio Andrade (PHS), ficou acertado que municípios não contemplados por emendas parlamentares serão tratados em outra reunião.

Para a presidente do Sindicato Rural de Augustinópolis, Cássia Ayres, “as feiras não são apenas festas, mas uma forma de geração de emprego e renda”. Do sindicato de Araguaína, Roberto Paulino acrescentou que emendas de 2015 estão pendentes até hoje.

Deputados como Fabion Gomes (PR) foram realistas. “São muitos os sindicatos, e pouco o dinheiro”. Outros, como Issam Saado (PV), declararam que ainda não decidiriam sobre o assunto. A maioria informou que já destina emendas às bases eleitorais, mas que os recursos não têm sido liberados pelo Executivo.

O vice-governador do Estado, Wanderlei Barbosa (PHS), chegou de surpresa à reunião, reconheceu emendas sem pagamento desde 2016 e reiterou a disposição do Governo em quitar os compromissos. (Glauber Barros/Ascom AL)

EM PARAÍSO

O Presidente do Sindicato Rural de Paraíso, Rogério Moraes, disse à nossa reportagem que sua entidade tem mais de R$ 120 mil em emendas parlamentares para receber.

Ele ressaltou que os anúncios dessas parcerias prejudicam os sindicatos porque, segundo o Presidente, os associados e a população ouvem falar sobre as emendas, mas, na realidade, elas não são pagas há vários anos  e geram grande déficits.

Uma das medidas tomadas pelo Sindicato de Paraíso é promover mudanças em relação a abertura da ExpoBrasil em 2019, para que não haja aproveitamento político, sem nenhum benefício para a Entidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui