MPTO percorre plantação e visita barragem elevatória em Lagoa da Confusão

0
68

Equipes das áreas de defesa do meio ambiente e de produção agrícola foram a campo na quarta-feira, 12, em Lagoa da Confusão, para visualizar um dos modelos de barragem do tipo elevatória e conferir a aplicação de tecnologias de pesquisa em uma lavoura do projeto Rio Formoso. A atividade fez parte do Mutirão de Sustentabilidade Ambiental na Bacia do Rio Formoso, que acontece entre os dias 10 e 13, realizado pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO).

As equipes estiveram em uma das quatro barragens elevatórias que existem no leito do Rio Formoso, construídas pela Associação de Produtores de Lagoa da Confusão. Esse tipo de barragem serve para elevar o nível do rio e também do lençol freático, o que facilita a subirrigação dos plantios das áreas adjacentes.

A elevatória nunca deve conter totalmente a passagem da água, sendo obrigatório manter o nível de vazão estabelecido na outorga do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins). Essas barragens também se caracterizam por possuir estrutura móvel, que permite sua desativação no período de seca. No caso da unidade visitada, sua operação deve ser mantida até o mês de agosto.

Plantio

As equipes passaram pela fazenda Dois Rios, que possui área plantada de 5,5 mil hectares, para conhecer a aplicação da técnica chamada de “rolo faca”, na qual a palha do arroz colhido é triturada e incorporada ao solo, auxiliando no preparo da terra para o próximo plantio. Essa técnica veio para substituir a queima da palha, que é de alto potencial poluente. Como benefícios, a incorporação da matéria orgânica ainda contribui com as condições biológicas, físicas e químicas do solo, além de ajudar a manter a umidade na superfície de cultivo.

Na fazenda Dois Rios, a técnica “rolo faca” vem sendo utilizada há dois anos, de forma gradual. Na próxima safra, a previsão é que seja aplicada em 80% da área cultivada. No empreendimento, alternam-se plantações de arroz e de soja. (Flávio Herculano)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui