Após 58 dias internada com covid Professora de Paraíso, Maria da Penha, recebe alta em Palmas

0
1087

Da Redação

A família atribui a cura a um milagre...

A professora aposentada, Maria da Penha Castilho de Souza, 66, deixou o Hospital Santa Teresa no final da manhã desta sexta-feira, após ficar 58 dias internada com covid-19, a maioria desse tempo em UTI. O caso da paraisense foi considerado como um dos mais complicados desde o início da pandemia.

A imagem pode conter: 7 pessoas, atividades ao ar livre

Além da gravidade da covid, a Professora teve embolia pulmonar e infarto. Sua recuperação está sendo considerada como “um milagre” pela família e amigos mais próximos.

“Nós obtemos um milagre e por isso choramos muito” disse o vereador Gleydson Dedinho, que é um dos amigos que acompanha a paciente.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre, texto que diz "SANTATHEREZA Maria da Penha, A Senhora vale nais que o mundo inteiro. E por toda sua espera Deus te recompensou! Es um Milagre!"

Maria da Penha, que é professora aposentada do Colégio Amâncio de Moraes, pertence a uma família muito conhecida em Paraíso. Ela é mãe de três filhos, a ex-conselheira tutelar, Nilce Francisco Castilho (Pretinha) o farmacêutico Rodrigo e a psicóloga Raquel e esposa do comerciante Cícero Castilho (Cícero do Bar) que fica localizado ao lado dos Correios.

A imagem pode conter: 2 pessoas, atividades ao ar livre

Familiares e amigos fizeram questão de receber a Professora e homenageá-la na saída do Hospital Santa Teresa.

A imagem pode conter: texto que diz "À equipe do Hospital Santa Thereza, nossa gratidão pelo ato humanizado no trabalho com os pacientes. Com carinho, Familiares de Maria da Penha"

Uma bênção que a família vai comemorar para sempre!

A imagem pode conter: texto que diz "Quando Deus medicina se encontram, o milagre acontece!"

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui