MPTO sedia curso de capacitação para combate à corrupção e à lavagem de dinheiro

0
154

Especialistas de diversos Estados do Brasil estarão reunidos na sede do Ministério Público do Estado do Tocantins (MPTO) entre os dias 23 e 26 de abril para a realização do Curso de Capacitação e Treinamento para Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro. O evento é uma realização do Fórum Permanente de Combate à Corrupção (FOCCO), em parceria com o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Na abertura do evento, realizada na manhã desta terça-feira, 23, o procurador-geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, comentou sobre a importância do tema. “Para os promotores e promotoras de Justiça que integram o Ministério Público do Tocantins, é uma excelente oportunidade para aprimorar seus conhecimentos e, consequentemente, ampliar as estratégias de atuação na defesa do patrimônio público, no combate à corrupção e à lavagem de dinheiro”.

A programação conta com palestras proferidas por procuradores de República, promotores de Justiça, delegados da polícia federal e da civil, assessores do Banco Central e da Previdência, auditores fiscais da Controladoria-Geral da União, assessores do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), entre outros.

A palestra de abertura foi conduzida Isalino Giacomet Júnior, assessor do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que falou sobre o sistema nacional de combate à lavagem de dinheiro.

“A capacitação tem como objetivo oferecer troca de experiências, conhecimentos e metodologias entre os participantes, promovendo maior efetividade na prevenção e no combate aos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção”, afirmou o promotor de Justiça e coordenador do Fórum Tocantinense de Combate à Corrupção, Vinícius de Oliveira e Silva.

O evento é destinado a membros e servidores do Ministério Público, Tribunal de Justiça, Polícias Federal e Civil, Advocacia-Geral da União, Agência Brasileira de Inteligência, Banco Central do Brasil, Caixa Econômica Federal, Casa Civil, Controladoria-Geral do Estado do Tocantins, Ministério Público de Contas, Tribunal de Contas do Tocantins, Advocacia-Geral da União, Ministério Público Federal, Tribunal de Contas da União, Controladoria-Geral da União, Delegacia da Receita Federal, Instituto Nacional de Seguridade Social e outras instituições públicas.

Confira a programação completa (link)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui