Em Paraíso: Animal pode ter devorado corpo de criança. Polícia não o encontrou

0
3388

Uma mãe de 24 anos, moradora do Setor Paraíso dos Ipês, na região sul de Paraíso, confessou à Polícia Civil ocultado o corpo de seu filho recém-nascido, em fevereiro de 2019. A mulher disse que enterrou o corpo da criança no quintal da casa da irmã, que a teria ajudado na ação. Tudo teria acontecido logo após o nascimento. O caso chegou à Polícia Civil na última segunda-feira, por intermédio de uma denúncia anônima.

Nesta terça, 28, a Polícia passou quase todo o dia escavando o quintal da casa onde, supostamente, a criança havia sido enterrada. No entanto, levantamento feito pelo Portal Benício mostra que o corpo não foi encontrado.

A suspeita é de que o corpo da criança tenha sido devorado por algum animal, principalmente por cães que circulam na região onde o caso aconteceu. Porém, o desaparecimento do recém-nascido pode levantar outras suspeitas com a continuidade das investigações, já que a Polícia Civil não dará o caso como encerrado.

A mãe, e a tia que a ajudou a enterrar a criança, estão presas na CPP de Paraíso à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui