Prefeitura e judiciário afirmam que vão plantar 100 árvores para compensar destruição em área de novo fórum

0
1282

Da Redação

Em nota, após matéria do Portal Benício, sobre a destruição de várias árvores centenárias em uma área onde será construída a nova sede do fórum de Paraíso do Tocantins, a prefeitura informou que junto com o judiciário irá plantar 100 novas árvores. O paço afirmou ainda que autorizou o corte de quatro árvores de espécie mangueira no local.

Leia a Nota:

A Prefeitura de Paraíso, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico/Diretoria do Meio Ambiente e Turismo, esclarece que em atenção a solicitação do Poder Judiciário/Diretoria de Infraestrutura e Obras, autorizou o corte e remoção de 04 (quatro) árvores de espécie mangueira, localizadas na Avenida Bernardo Sayão, quadra 50 A, Lote 03 (Antigo DNER), no setor Jardim Paulista. Esta ação conta com acompanhamento e avaliação de Engenheiro Ambiental do município, que constata que o impacto ambiental é mínimo.

A medida de remoção destas, se deve para dar lugar a obra de edificação da nova sede do Poder Judiciário – Fórum de Paraíso. O projeto arquitetônico precisa das condições necessárias, para dar andamento a execução da obra.
A Prefeitura ressalta ainda que juntamente com o Poder Judiciário, promoverão o plantio de 100 novas mudas de espécies importantes do cerrado tocantinense, destacando entre elas: quaresma vermelha, quaresma rocha, ipê amarelo, ipê roxo, ipê branco, oiti, palmeiras e outras. Tal compensação, a silvicultura urbana promoverá uma importante manutenção e equilíbrio do meio ambiente com o plantio.

A construção da nova sede definitiva do Fórum de Paraíso, é importante para o município e já gera emprego e renda para a cidade e o novo prédio vai proporcionar mais conforto para os funcionários e para a população. Esta também proporcionará desenvolvimento na região norte do município, além de aproveitar uma área que estava ociosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui