Eleições 2022 para Presidente: Correio do Povo revela Bolsonaro com 8% a mais que Lula no Tocantins

0
232
PRESIDENTE BOLSONARO E EX-PRESIDENTE LULA PROTAGONIZAM PRINCIPAL DISPUTA POR VOTO NO TOCANTINS

EXCLUSIVO

Realizada de 20 a 27 de setembro de 2021, a Pesquisa Correio do Povo mostra que a disputa para Presidente da República, no Tocantins, tem pequena liderança do atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), sobre seu principal concorrente o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, do PT.

Também foram apresentados ao eleitor, nomes como o ex-juiz, Sérgio Moro, Ciro Gomes e o governador de São Paulo, João Dória. Ao todo foram entrevistados nesse período, 1.150 eleitores tocantinenses aptos a votarem nas eleições de 2022.

Se as eleições fossem hoje, Bolsonaro seria eleito com 39% das intenções de voto. Lula viria em segundo com 31%. O terceiro colocado é o ex-juiz Sérgio Moro com 7%, seguido de Ciro Gomes com 5%. O governador de são Paulo, João Dória, viria em último com 2%. eleitores indecisos ou que não souberam em quem votar para Presidente neste momento somam 14%. Dos entrevistados, 2% afirmaram que votam em outro candidato.

VEJA GRÁFICO

Pode ser uma imagem de 4 pessoas, incluindo Edvaldo Clementino e texto que diz "PESQUISA CORREIO DO POVO ELEIÇÕES 2022 ESIDENTE TOCANTINS 39% 31% 7% 14% 5% 2% BOLSONARO 2% LULA SÉRGIO MORO CIRO GOMES JOÃO DERIA OUTRO IND/NÃO SABE"REJEIÇÃO

O candidato mais rejeitado para Presidente da República no Tocantins é o ex-presidente Lula, com 42% de rejeição. Jair Bolsonaro é rejeitado por 36%. O terceiro mais rejeitado é João Dória que aparece com 5%. Ciro Gomes é rejeitado por 4% dos eleitores tocantinenses e Sérgio MorO é o menos rejeitado com 3%. Eleitores indecisos ou que não souberam quem rejeitar 10%.

DADOS

A Pesquisa Correio do Povo que é a mais confiável do estado do Tocantins desde 2010, entrevistou 1.150 eleitores em todo o Estado. A Margem de Erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, e a Margem de Acerto de 95%. Apesar de não haver a necessidade de registro no ano anterior à eleição, o levantamento tem como responsável o estatístico, João Soares de Araújo Neto (Conre 6892).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui