Duas ocorrências de agressões a mulheres marcaram o final de semana em Paraíso

0
1551
CASOS DE AGRESSÕES CONTRA A MULHER GERALMENTE ENVOLVEM USO DE BEBIDA ALCOÓLICA

O final de semana em Paraíso do Tocantins foi considerado tranquilo em relação a ocorrências como roubos, furtos, homicídios e até acidentes. No entanto, dois fatos chamaram a atenção da segurança pública e dizem respeito à Lei Maria da Penha.

Em um deles, ocorrido às 13h15 do sábado, 20, um homem enfurecido quebrou tudo que havia na casa da ex-mulher que não aceitou a proposta de reatar o relacionamento. O caso aconteceu no Setor Vila Regina, região sul de Paraíso.

Segundo as informações, o homem de 26 anos, conhecido pelo nome de, Marcelo, que de acordo com a polícia estaria embriagado, não aceitou a ideia de separação e foi à residência da ex-mulher, localizada na Avenida Brasil, arrancou o portão da casa vindo a quebrar um aparelho de som, um microondas, uma geladeira, um armário, um ventilador, uma pia de lavar roupas, uma janela de blindex e as portas da casa. O agressor foi preso e encaminhado para a Cadeia local.

Já no Domingo de Páscoa, outra ocorrência de violência contra a mulher foi registrada no Setor Jardim Paulista, região norte da cidade. Uma mulher, de 35 anos, teria sido agredida e teve os vidros de seu carro quebrados. A PM tentou dialogar com o agressor, de 30 anos, mas ele resistiu e os policiais tiveram que chamar reforços e fazer uso da força, além de utilizar disparo de elastômetro (bala de borracha) para conter os ânimos do autor. Ele foi detido logo em seguida.

Já na delegacia, a mulher agredida, desistiu de representar contra o agressor, que foi entregue pela PM ao delegado de plantão.  No entanto, o termo de resistência foi lavrado. O caso foi registrado na Rua Sabiá, por volta das 18h05min.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui