Paraíso perde Cícero Antônio Moreira, entusiasta da cultura

0
604

Da Redação

Morreu no final da tarde desta Sexta-Feira da Paixão, o pioneiro de Paraíso, Cícero Antônio Moreira, de 60 anos.

Ele estava internado no Hospital Geral de Palmas – HGP, para tratamento de cirrose e durante esse período também teria contraído a covid-19. Antes de ir para o HGP, Cícero Antônio estavai internado no Hospital Regional de Paraíso.

Amante da cultura e católico praticante, Ele, com apoio da prefeitura, criou e dirigiu até dezembro do ano passado, o Museu Histórico de Paraíso.

Cícero morreu em um dia especial para ele. Durante vários anos foi um dos atores que apresentavam na Sexta Santa a Paixão e Morte de Cristo pelas ruas da cidade, e com final na Matriz São José Operário, centro de Paraíso.

A cidade perdeu um grande munícipe, que há alguns anos enfrentava um problema de depressão. Amigos planejam uma homenagem de despedida do corpo em frente a Praça José Torres, local onde ele trabalhava nós últimos anos. Ainda não há informações sobre o horário de chegada em Paraíso.

Outro óbito

Também faleceu nesta tarde, o senhor Zé Sobrinho, que trabalhava em um carro de som da empresa Lojas Bandeira. Ele também foi vítima da covid-19.

A cidade segue em luto e perdendo moradores para doença originária da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui