Polícia Civil deflagra operação contra furto de gado, apreende armas de fogo e prende homem por posse ilegal em Almas

0
177

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 100ª Delegacia de Almas, no Sudeste do Estado, deflagrou nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 14, uma operação policial com o objetivo de dar cumprimento a três mandados de busca e apreensão em imóveis de pessoas suspeitas de praticar furto de gado na região. A operação foi realizada em imóveis na zona urbana e na zona rural de Almas e resultou na apreensão de várias armas de fogo, machados, facas, aparelhos celulares, bem como na prisão de um homem por posse ilegal de arma de fogo.

Comandada pelo delegado Eduardo Ferreira Nunes, a operação contou com o apoio do efetivo de policiais civis da 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Dianópolis, sob a coordenação dos delegados Luís Eduardo Freitas Amaral e Lucas Rodrigues, e também da Polícia Militar.

Conforme explica o delegado Eduardo Nunes, as investigações a respeito dos fatos tiveram início após o registro de um Boletim de Ocorrência, no qual o noticiante informou que uma novilha havia sido abatida no pasto de sua propriedade e teve carne subtraída. Fato ocorrido no último dia 5 de fevereiro,  no Assentamento Santa Cruz, na zona rural de Almas.

Com o aprofundamento dos trabalhos investigativos, a equipe da 100ª DP identificou os três homens supostamente envolvidos no abate do bovino e na subtração de sua carne. A autoridade policial representou junto ao Poder Judiciário por mandados de buscas e apreensão nos imóveis dos três homens, sendo dois na zona rural e um no perímetro urbano de Almas.

Apreensões 
Com os mandados deferidos, no início da manhã desta quinta-feira, policiais civis e militares deram cumprimento às ordens judiciais, sendo que em uma das casas localizadas na zona rural foi encontrado e apreendido um aparelho celular, um machado, além de várias facas, com características técnicas para efetuar cortes bovinos.

Ao perceber a chegada dos policiais, o suspeito conseguiu fugir, deixando para trás seu aparelho celular e o café recém coado, que não teve tempo de beber, além de roupas, calçados e outros itens.

Mais apreensões e prisão

Em um dos endereços, durante o cumprimento do mandado de buscas, os policiais civis localizaram e apreenderam  três rifles calibre 22, com luneta telescópica; uma espingarda calibre 28; duas armas artesanais, tipo trabuco; 14 facas diversas de corte e desossa; três facões; um machado; além de uma pistola para vacinar gado.

No local, os policias também prenderam em flagrante, um indivíduo de 67 anos, por posse ilegal de arma de fogo. O homem foi conduzido até a 14ª Central de Atendimento da Polícia Civil, em Dianópolis, onde foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. Após os procedimentos legais cabíveis, ele foi recolhido à Unidade Penal local, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Conforme explica o delegado Eduardo Nunes, as armas e demais objetos apreendidos subsidiarão às investigações, no sentido de identificar todos os envolvidos na prática delituosa que envolve furto e abate de animais na região de Almas.

“Trata-se de uma ação muito positiva, pois foi possível apreender grande quantidade de armas de fogo, bem como várias facas e até machados, que podem estar ligados  com os atos investigados. Desse modo, vamos intensificar as investigações visando esclarecer todas as circunstâncias dos crimes de furto de animais”, destacou.

Apoio
A operação deflagrada pela Polícia Civil contou com  participação de policiais civis da 100ª DP de Almas, 101ª DP de Dianópolis, 103ª DP de Taguatinga, 99ª DP de Paranã, policiais militares de Almas, equipes da Força Tática e da Patrulha Rural e do 11º Batalhão da PM de Dianópolis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui