Velho conhecido da Polícia é preso suspeito de tráfico em Paraíso

0
316
AVENIDA BERNADO SAYÃO - CENTRO DE PARAÍSO DO TOCANTINS

Rogério de Oliveira

Uma ação conjunta realizada pelas polícias Civil e Militar na noite da última quinta-feira, 23, em Paraíso do Tocantins, resultou na prisão de um homem de 31 anos, suspeito pela prática do crime de tráfico de drogas.

De acordo com o delegado José Lucas Melo, titular da 63ª  Delegacia de Polícia Civil de Paraíso e responsável pelo caso, a ação foi deflagrada para coibir a prática de ilícitos na Cidade. Durante a operação, os policiais realizaram no setor Vila Regina a abordagem do suspeito, um velho conhecido da Polícia, que no momento portava porções de crack.

Ainda segundo o delegado José Lucas, o indivíduo estava em liberdade há poucos dias em virtude do recebimento de um benefício judicial, pois cumpria pena por outros crimes. Diante dos fatos, o homem foi conduzido à Central de Atendimento da Polícia Civil onde foi autuado por tráfico de drogas. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o indivíduo foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Paraíso, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. A ação também contou com apoio da Divisão Estadual de Investigações Criminais (DEIC), núcleo de Paraíso.

——–

Polícia Civil conclui investigação sobre duplo homicídio tentado em Luzimangues

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Luzimangues, concluiu nesta sexta-feira, 24, a investigação sobre um duplo homicídio tentado ocorrido naquele distrito em agosto de 2019 e indiciou mais um suspeito pelo crime.

De acordo com o delegado Fabrício Piassi, responsável pelo caso, na noite de 8 de agosto de 2019, dois indivíduos ocupando uma motocicleta realizaram disparos de arma de fogo contra dois homens que estavam sentados na frente de uma residência em Luzimangues, acertando um deles na virilha e o outro na perna esquerda. No entanto, ambas as vítimas foram socorridas e sobreviveram aos ferimentos. Na ocasião, as vítimas não reconheceram os agressores, pois eles usavam capacetes.

Porém, de posse das características do veículo usado no crime e dos autores, os policiais civis conseguiram identificar ainda no mês de agosto um dos atiradores, bem como descobriram a identidade da pessoa que havia emprestado a motocicleta para a empreitada criminosa, o qual é menor de idade.

Durante a investigação, os policiais civis descobriram que a motivação para a dupla tentativa de homicídio se deu em virtude de disputa de facções criminosas. Com base  nas identificações, o delegado Fabrício representou, junto ao Poder Judiciário, pelas prisões dos autores, assim como por mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados, sendo as ordens deferidas e cumpridas , as quais resultaram na prisão de um dos maiores de idade e na apreensão do adolescente infrator.

As investigações continuaram no sentido de identificar o segundo atirador e após inúmeras diligências, o terceiro indivíduo foi identificado, qualificado e interrogado, sendo indiciados nesta sexta-feira, 24, pela prática do crime de homicídio qualificado na forma tentada. O inquérito policial foi encerrado e remetido ao Poder Judiciário e ao Ministério Público Estadual para oferecimento da denúncia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui