Paraíso pode chegar a 200 casos de covid até o dia 20. Com dinheiro em caixa Saúde precisa anunciar Plano de Contenção

0
173

Da Redação

Em 8 dias, Paraíso do Tocantins teve 42 casos do novo coronavírus. Os dados foram registrados entre os dias 2, quando a cidade tinha 119 pessoas infectadas, e 10 de junho, quando a própria prefeitura anunciou 161 casos confirmados.

A situação não é estável, como insiste em afirmar a secretária de saúde, Rosirene Leal. O município já é um dos líderes em casos da covid-19 e em óbitos pela doença.

Antes, havia a necessidade da chegada de recursos para que as ações acontecessem. Hoje, com mais de R$ 2 milhões na conta da Secretaria, exclusivamente para o combate à pandemia, a população paraisense aguarda o anuncio de um plano de contingência que não seja paliativo como os excessivos vídeos que a Secretária publica ensinando a população lavar as mão, usar máscaras ou manter o distanciamento. Isso já é de conhecimento de todos. É recorrente.

RECUPERADOS

Ao contrário do que é anunciado, os pacientes com covid-19, em sua maioria, estão se recuperando por conta própria e com ajuda de familiares, inclusive os chás das vovós. Na cidade não existe o medicamento hidroxicloroquina, e muito pouco a ivermectina.

Pessoas infectadas que precisaram desses medicamentos receberam receitas médicas na Unidade de Referência da prefeitura e não conseguiram comprar. Alguns porque não tinham dinheiro, outros porque não os encontraram nas farmácias.

Os medicamento que, às vezes, são repassados aos pacientes na Unidade Ursulino Costa são dipirona e uma pequena cartela de cloroquina, o qual muitos infectados não podem fazer uso porque causa efeitos colaterais. Existe diferenças entre a cloroquina e a hidroxicloroquina

PLANO DE CONTINGÊNCIA

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e close-up
SECRETÁRIA DE SAÚDE DE PARAÍSO, ROSIRENE LEAL

Sem atrapalhar o andamento da economia, a Secretaria de Saúde de Paraíso precisa, urgentemente, apresentar um Plano de Contingencia eficaz para o combate à pandemia. Dinheiro não é mais problema, já está em caixa, e a demora em apresentar esse plano vai provar que a Saúde não tinha projeto pronto para quando a verba chegasse.

Deixar apenas por conta da população não evitará que Paraíso do Tocantins chegue a 200 casos de covid-19 até o próximo dia 20 de junho.

Ressaltar os casos de recuperados é importante, desde que os próprios pacientes sejam anunciados como responsáveis por essa recuperação.

Chegou a hora de a Saúde agir, de verdade!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui